Pular para o conteúdo
fantasias-nacionais

3 livros de fantasia nacional para colocar na lista de leitura

Marcações:

Faz algum tempo que eu tenho me voltado mais para a literatura de fantasia nacional, especialmente pensando em enaltecer a produção brasileira.

Eis que durante a Odisseia de Literatura Fantástica de 2019, eu me deparei com alguns autores e suas obras de fantasia que me interessaram.

Por isso, hoje estou trazendo 3 obras de fantasia nacional que estão na minha lista de leitura e que deveriam estar na lista de leitura de vocês também. Bora lá?

3 livros de fantasia nacional para colocar na TBR

É curioso, mas os três livros citados aqui são de autoras mulheres e as três participaram do mesmo painel durante a Odisseia.

Elas são autoras que escrevem o mesmo gênero, mas durante o evento, eu pude entender que cada uma vem de um background diferente e tem uma motivação diferente para escrever.

1. Viajantes do Abismo, Nikelen Witter

A primeira coisa que me chamou atenção nessa leitura é que a Nikelen fala muito bem, é muito bem articulada e inteligente.

Eu adorei todas as colocações dela durante o painel e achei que seria incrível ler algo que ela escreveu.

Devo confessar que a capa do Viajantes do Abismo é linda também e que isso me fez ficar ainda mais curiosa. Sobre a história?

Não sei direito sobre o que se trata e a sinopse do livro na Amazon não ajuda nem um pouco.

Eu precisei buscar ajuda nas resenhas e encontrei algumas palavras-chave interessantes: colapso ambiental, steampunk, desigualdade social, areia invadindo cidades, empoderamento e protagonista feminina.

2. Cheiro de Tempestade (O Mundo de Quatoriam, vol. 1), Cristina Pezel

O que me chamou atenção nesse livro foi o cuidado de a autora, a Cristina, mostrou ter com a construção do universo.

Ela criou tudo para que leitor tivesse uma imersão completa e eu confesso que estou bem empolgada para conferir.

Assim como a sinopse da Amazon do livro da Nikelen, a sinopse do Cheiro de Tempestade não fala muita coisa, mas cita profecia, rituais de passagem, alguns super poderes e várias opiniões de influenciadores e críticos nacionais.

Mas o que eu quero mesmo é ler esse universo, ver como funciona Quatoriam.

3. Línguas de Fogo (Crônicas de Miríade, Livro 1), Karen Soarele

A Karen é uma autora bem diferente das anteriores porque ela me parece ter uma pegada mais RPG na construção da fantasia.

Universos mais clássicos, seres mágicos mais clássicos também e isso me deixa empolgada porque esse tipo de literatura fantástica eu leio muito pouco.

Ela tem muitos livros lançados, mas o meu escolhido foi Línguas de Fogo, que é o primeiro de uma série em uma ambientação original que a autora criou.

Segundo a sinopse na Amazon, esse é um livro sobre amizade, desafios e amadurecimento e eu já estou preparada para ver a jornada do herói acontecendo.

E você, tem algum livro de fantasia nacional entre as suas metas de leitura?

Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.