5 filmes de fantasia científica (e 2 séries de TV) para assistir em 2021

5 filmes de fantasia científica (e 2 séries de TV) para assistir em 2021

Nós já falamos aqui no blog sobre o que é a fantasia científica, qual é a relação dela com a ficção científica e quais são as principais obras do subgênero. E agora, continuando nossa jornada, vamos conversar sobre 4 filmes de fantasia científica (e 2 séries de TV) para colocar na sua lista para este ano.

4 filmes de Fantasia Científica (e 2 séries de TV)

Alguns dos filmes e séries que eu vou apresentar aqui já apareceram na nossa lista de indicações de livros de fantasia científica.

Porém, duas das indicações são histórias que misturam a ficção científica e a fantasia que foram criadas especialmente para o cinema. Confira:

John Carter – Entre Dois Mundos, filmes de 2012

A história de John Carter é baseada na série de livros de Edgar Rice Burroughs, Barsoom. O filme lançado em 2012 é uma adaptação não muito fiel de A Princesa de Marte, o primeiro volume da série que foi lançado originalmente em 1912.

Contrariando a aposta dos produtores, John Carter – Entre Dois Mundos não foi um sucesso de bilheteria. O filme teve um orçamento milionário, mas teve um retorno de apenas 30 milhões de dólares de lucro. O que na indústria cinematográfica é considerado um fracasso.

Hoje, o filme está disponível no Disney+ e os assinantes podem conferir a história do soldado americano que vive na década de 1860, mas que é magicamente teletransportado para Marte depois de encontrar uma joia. Nessa história, a ficção científica se une à fantasia ao mostrar um mundo científico e tecnológico envolto em magia.

 

Duna, filme de 1984 e 2021

Duna é um dos filmes mais esperados de 2021, mas a história já teve uma adaptação para o cinema em 1984. Estrelando o ator Kyle MacLachlan como o jovem Paul Atreides, a versão da década de 1980 adapta todo o livro de Frank Herbert. Já a versão de 2021, com Timothée Chalamet, cobrirá apenas a primeira metade do livro.

Assim como John Carter (e todos os itens desta lista), Duna mistura a fantasia e a ficção científica até um ponto em que quase não conseguimos distinguir uma da outra. Temos uma aventura em outro planeta, temos uma civilização nova vivendo em um ambiente diferente, mas também temos uma planta que pode proporcionar precognição a quem a ingere.

Essa é uma aposta muito interessante do cinema e é inegável a influência que Duna teve em outras obras.

 

Avatar, filme de 2009

Filme tecnicamente revolucionário dirigido por James Cameron, Avatar é um filme de fantasia científica que merece nossa atenção. A história não é um dos pontos mais fortes do filme, afinal a trama é bastante parecida com diversos filmes que tratam sobre colonialismo, mas os aspectos técnicos ganharam o público.

Avatar foi o primeiro grande filme lançado usando a tecnologia 3D e contou com grandes sequências produzidas inteiramente com a ajuda de CGI e captura de movimentos dos atores. Zoë Saldaña, por exemplo, interprete de Neytiri, teve sua performance completamente capturada e transportada para sua personagem em CGI.

Mas vamos voltar ao tópico: Avatar é uma história de fantasia científica na medida em que nos apresenta um mundo novo, um planeta novo, e diversas novas tecnologias. O próprio avatar usado pelos personagens na história são uma nova tecnologia.

Porém, ao mesmo tempo, nesse mundo novo de Pandora, temos magia transbordando da relação dos Na’vi com os animais e plantas, além da (SPOILER) “ressurreição” do nosso protagonista no final.

 

Star Wars, série de filmes iniciada em 1977

E chegamos àquela que é conhecida como uma das maiores franquias de ficção científica da história do cinema, mas que também é uma fantasia científica. Sabe por quê? Por causa da Força.

Eu confesso que, num primeiro momento, não entendi o motivo de Star Wars entrar em uma lista de fantasia científica até que lembrei que os consagrados Jedi são pessoas que apresentam uma aptidão para o uso da força, uma espécie de magia que permite que eles façam diversas coisas, inclusive hipnotizar outros seres.

Star Wars é classificada como uma Space Opera dentro da ficção especulativa, uma história que explora sistemas solares diferentes do nosso, galáxias distantes da nossa e planetas que apenas conseguimos imaginar.

 

Outlander, série de TV iniciada em 2014

Outlander é uma série de TV que começou a ser exibida em 2014 e que é inspirada em uma série de romances da autora Diana Gabaldon. Nessa história, tanto a fantasia quanto a ficção científica aparecem de maneira muito tímida.

Por exemplo, o único elemento de ficção científica que temos é a viagem no tempo, enquanto a fantasia aparece no combustível dessa viagem.

A trama foca muito no romance entre Claire e Jaime, assim como também em subtramas políticas e culturais na Escócia e da França do século XVII.

Apesar de ter um foco diferente, é interessante ver como a ficção especulativa pode estar em qualquer história.

 

As Crônicas de Shannara, série de livros de Terry Brooks

E por último, temos uma série de livros que foi transformada em série de maneira um pouco desastrosa. As Crônicas de Shannara estreiou em 2017 e está disponível na Netflix. A série teve uma primeira temporada muito bem construída, mas voltou com uma segunda temporada desconexa da primeira e do material original.

A primeira temporada adapta o segundo volume das Crônicas de Shannara (As Pedras Élficas de Shannara) e conta a história do meio-elfo Will, da humana Eretria e da elfa Amberle enquanto eles partem em uma jornada para salvar uma árvore mágica.

O elemento de ficção científica da série está em ela se passar no futuro. Depois de uma guerra nuclear, a humanidade teve que se adaptar ao novo mundo. Em meio a isso, uma raça escondida sob o solo, os elfos, resolveram se revelar.

A presença dos elfos e de sua magia é o que traz a fantasia para este mundo.

 

Em conclusão…

Existem muitos filmes de fantasia científica (e séries também) que nós, muitas vezes, não conseguimos identificar como pertencendo a este gênero que mistura ficção científica e fantasia. Espero que você tenha gostado das dicas e, se por acaso sabe de mais algum título que eu não trouxe aqui, deixa nos comentários!

 



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *